A Busca

A Busca

A Busca (trechos do capítulo IX do livro “Maha Yoga – A Yoga de Sri Ramana Maharshi)     Os trechos a seguir fazem parte do Capítulo IX – A BUSCA, do livro Maha Yoga – A Yoga de Sri Ramana Maharshi, cuja nova tradução em português foi publicada em julho de 2013. Detalhes sobre a nova edição podem ser encontrados aqui. ************************************************************************************   Uma introdução deste capítulo, que contém também o resumo dos capítulos anteriores, é dada pelo Sábio: Onde o ego não surge, ali somos Aquilo. Mas, como pode essa perfeita ausência do ego ser alcançada, se a mente não imergir em sua Fonte? E se o ego não se extinguir, como poderemos alcançar o Estado Natural, no qual somos Aquilo? A Fonte da qual a mente surge, acima indicada, é o Coração, que como vimos anteriormente, deve ser experimentalmente considerado como a Própria Morada do Ser. Certamente, a Verdade absoluta é que o Ser é em si mesmo o Coração verdadeiro. Aqui o Sábio se refere ao “Estado sem ego” como sendo o nosso Estado Natural, por que nele somos o que realmente somos, isto é, a Pura Consciência. De certa forma os métodos para a Libertação preconizados pelas diversas religiões são todos corretos. Mas o método direto é o ensinado pelo Sábio. Os outros métodos apenas preparam a mente para o método adequado. Nada mais podem fazer. O Sábio explicou-o assim: “O ego não pode ser subjugado por alguém que o considera real. É como a nossa própria sombra. Imaginemos um homem que desconhece a verdade sobre sua sombra. Ele vê que ela o segue persistentemente e deseja livrar-se dela. Tenta fugir dela, mas a sombra continua a segui-lo. Cava um poço profundo e tenta...
A meditação do Ser

A meditação do Ser

  A Meditação do Ser Annamalai Swami   Pergunta: Pode-se ter uma experiência temporária do Eu Real, a realidade subjacente, mas então ela desaparece. Você pode dar alguma orientação em como permanecer estável naquele estado? Annamalai Swami: Uma lampião que está aceso pode apagar se o vento estiver forte. Se você quiser vê-lo novamente, você tem que reacendê-lo. Mas o Ser não é assim. Ele não é uma chama que pode ser apagada pela passagem dos ventos dos pensamentos e desejos. Ele é sempre luminoso, sempre brilhante, está sempre lá. Se você não está consciente dele, isso significa que você colocou uma cortina ou um véu na frente dele que bloqueia sua visão. O Ser não oculta a si mesmo atrás de uma cortina. É você que coloca a cortina lá ao acreditar em ideias que não são verdadeiras. Se a cortina se abre e então se fecha novamente, isso que dizer que você ainda está acreditando em ideias erradas. Se você erradicou-as completamente, elas não reaparecerão. Enquanto essas ideias estiverem cobrindo o Eu Real, você ainda precisa fazer constante sadhana. Então, voltando à sua questão, o Eu Real não precisa estabilizar-se. Ele é pleno e completo em si mesmo. É a mente pode ser estabilizada ou desestabilizada, não o Ser. Pergunta: Por constante sadhana, você quer dizer autoinquirição? Annamalai Swami: Sim. Pela força da prática, ao fazer esta sadhana, esse véu será completamente removido. Não haverá outros obstáculos. Você pode ir ao topo de Arunachala, mas se você não estiver alerta, se não estiver prestando atenção, você pode escorregar e ir parar no Easanya Math [uma instituição hindu ao pé da montanha]. Você tem que fazer um esforço enorme para realizar o Ser. É muito fácil parar no...
Maha Yoga – Parte V

Maha Yoga – Parte V...

A Maha Yoga de Sri Ramana Parte V Os trechos a seguir foram retirados do Capítulo XII do livro Maha Yoga, que já foi traduzido pelo Prof. Hermógenes e publicado no Brazil na década de 1950. Fizemos uma nova tradução do texto e há possibilidade de publicação neste ano (2011). Os trechos abaixo são provenientes da nova tradução. Em negrito são os subtítulos colocados pelo autor (K. Lakshmana Sarma) e, entre aspas (e em itálico), os ensinamentos do Maharshi. Esta é a parte final da série “A Maha Yoga de Sri Ramana”. *************************************************************************   RESPOSTA A UM PRAGMATISTA: Pergunta: “Se todos os homens renunciarem o mundo, quem lavrará a terra e fará a colheita?” Resposta: “Realize o Ser Verdadeiro e então verá por si mesmo.” Essa é uma resposta geral para todas as questões semelhantes a esta. SENSAÇÃO DE DIFICULDADE. “Um método nos parecerá fácil ou difícil, conforme o tenhamos praticado antes ou não.” AOS NIVELADORES. “A forma mais segura de se atingir a perfeita igualdade é ir dormir!”[1] CONTROLE DE NASCIMENTO VERSUS MORALIDADE. Pergunta: “O controle de nascimento é nocivo à moralidade?[2]” Resposta: “O Maha Bharata diz que quanto mais se cede ao desejo, mais insaciável ele se tornará.” SOBRE PROGREDIR OU RETROCEDER. Alguns observaram que é fácil ir para frente, mas impossível retroceder. O Sábio diz: “Não importa quão longe vamos, estamos sempre onde sempre estamos. Onde está o ir para frente ou ir para trás? O Isa Upanishad (verso 5) diz: ‘Ele está longe e também está perto’.” UTILIZAÇÃO DE PODER DIVINO PARA CURAR DOENÇAS, ETC. “Não há necessidade de ‘ingerir’ poder divino para qualquer finalidade. Já está dentro de você. Ele é você.” COMPARAÇÃO ENTRE A VIGÍLIA E O SONHO. “O mundo dos sonhos interessa ao...
Navnath Sampradaya

Navnath Sampradaya

Texto sobre a linhagem Navnath Sampradaya, de Sri Nisargadatta Maharaj e Ranjit Maharaj. Open publication – Free publishing – More autoinquiricao Para baixar este texto, clique...

Notícia: Mooji não irá à Índia este ano...

Sinto informar a todos que este ano Mooji não irá à Índia, por motivos alheios à sua vontade. Conforme Mooji explicou neste vídeo, ele foi informado por amigos/devotos que já se encontram em Tiruvannamalai, que lá há pessoas que não querem a presença dele (possivelmente por motivos políticos). Assim, a forma de estar fisicamente na presença do Mooji, por enquanto é apenas visitá-lo em futuros Satsangs, conforme aparecer na agenda do site, ou então, no futuro (quando houve infraestrutura), em Portugal mesmo, no Monte...
Página 1 de 812345...Última »
Virtual Media Design