Entradas Recentes
Devoção

Devoção

Devoção   (trechos do Capítulo XI – Devoção, do livro Maha-Yoga – A Yoga de Sri Ramana Maharshi.  Os detalhes da edição em português  publicada em 2013 podem ser encontrados aqui)     O Gita – no Capítulo Nove – nos diz, sobre a devoção, que até mesmo os homens de vida dedicada ao mal se beneficiam com ela; eles logo se tornam bons e no final alcançam o Estado de Paz infindável – o Estado sem ego. Mas, como regra geral, apenas os homens de mente pura e boa conduta se sentem atraídos à devoção a Deus, porque certo grau de ausência de ego está implícito na devoção, e o caráter depende do grau de ausência de ego do indivíduo. Por isso, devemos devotar alguma atenção ao melhoramento de nosso caráter. Isto, naturalmente, é necessário a todos – aos buscadores do Ser, bem como aos devotos. ……………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………. Todas as religiões fazem bem ao enfatizar a bondade. Um homem de mau caráter pode se tornar um bom matemático ou cientista, mas apenas um homem bom e com a mente pura pode acalentar devoção às coisas que transcendem o mundo. O fazer o mal é fruto do ego; e uma vez que a ausência de ego é o nosso objetivo – pensem os crentes o que pensarem – a tendência de agir mal deve ser superada, não importa como. Os Budistas têm a sua “nobre senda utopia” e os cristãos o seu “sermão na montanha”; a retidão com humildade é nove décimos da religião do Estado sem ego. A devoção já existe em todos os homens – ela só precisa ser refinada e dirigida a objetos adequados. Quando dirigida a objetos ignóbeis chama-se apego; mas quando desviada deles e fixada em...
Como estabelecer-se no Ser

Como estabelecer-se no Ser...

Como estabelecer-se no Ser    (trecho do Capítulo IV do livro “Os Ensinamentos Finais de Annamalai Swami, de David Godman”)     Trecho do livro “Os Ensinamentos Finais de Annamalai Swami, de David Godman”, cuja nova tradução em português foi publicada em setembro de 2014. Detalhes sobre a nova edição podem ser encontrados aqui.   Pergunta: Eu venho seguindo os ensinamentos do Bhagavan há muitos anos, mas sem quaisquer benefícios aparentes. Eu não sinto paz alguma. O que é que estou fazendo de errado? Por que não obtenho resultados? Annamalai Swami: A autoinquirição deve ser feita continuamente. Ela não funciona se você a considerar como uma atividade de meio período. Você pode estar fazendo alguma coisa que não prende seu interesse ou sua atenção, então pensa: “Ao invés disso vou praticar um pouco de autoinquirição”. Isso nunca vai funcionar. Você pode dar dois passos adiante quando pratica, mas dará cinco passos para trás quando terminar a prática e retornar às suas ocupações mundanas. É necessário um comprometimento de toda uma vida para estabelecer-se no Ser. Sua determinação em ter êxito deve ser firme e forte, e deveria se manifestar na forma de esforços contínuos, e não esparsos. Você tem estado mergulhado na ignorância por muitas vidas, e está acostumado com isso. Todas as suas crenças profundamente enraizadas, todos os seus padrões de comportamento reforçam a ignorância e fortalecem o poder que ela exerce sobre você. Essa ignorância é tão arraigada, que está fortemente enredada em todas as suas estruturas psicológicas, que é necessário um esforço sólido por um longo período para livrar-se dela. Os hábitos e crenças que a sustentam têm que ser desafiados repetidamente. A ignorância é a ignorância do Ser, e para removê-la é necessário Autoconsciência. Quando você alcança a consciência do...
A Vida no Mundo

A Vida no Mundo

A Vida no Mundo (trechos do Capítulo Três do livro “Os Ensinamentos de Ramana Maharshi em Suas Próprias Palavras, de Arthur Osborne) Satsang Editora      [Os comentários em itálico são de Arthur Osborne, devoto de Ramana e autor do livro, que sintetizou os ensinamentos essenciais do Maharshi a partir de diálogos e textos escritos] Uma vez que alguém decida começar a praticar os ensinamentos de Bhagavan, uma pergunta que pode surgir é como isso irá afetar a sua vida no mundo. O Hinduísmo não necessariamente prescreve uma renúncia física como condição para uma vida espiritual ativa, tal como prescrevia o ensinamento original de Cristo e do Buda. Pelo contrário, a condição da família é honrada e o caminho da ação correta é visto como legítimo. No entanto, a doutrina da não-dualidade, junto com o caminho da autoinquirição, que nela se baseia, era tradicionalmente reconhecido como adequado apenas àqueles que renunciavam à vida no mundo. Então é natural que os seguidores de Bhagavan lhe perguntassem se eles deviam renunciar ao mundo. Isso também era uma indicação notável da força da determinação espiritual que ainda existe na Índia moderna, pois renunciar ao mundo não significava viver uma vida solitária em uma casinha num sítio isolado, como pode parecer no Ocidente, e nem se retirar para a segurança austera de um mosteiro, mas viver sem casa e sem dinheiro, dependendo da caridade alheia para ganhar comida e roupas, dormindo em cavernas, templos, ou onde fosse possível. Apesar de tudo isso havia pedidos constantes de pessoas que desejavam tomar esse modo de vida, mas o Bhagavan sempre negava permissão. O trabalho era interno e deveria ser feito na mente, independente das condições exteriores de vida. B.: Por que você se considera uma...
“Os Ensinamentos Finais de Annamalai Swami”

“Os Ensinamentos Finais de Annamalai Swami”...

“Os Ensinamentos Finais de Annamalai Swami” Clique no cartaz para ampliar É com prazer que anunciamos que o livro “Os Ensinamentos Finais de Annamalai Swami” está agora disponível para compra. Trata-se de um livro bem sucinto, mas muito direto e profundo, de um dos principais discípulos de Sri Ramana Maharshi. Publicamos um pequeno trecho do livro neste post. A tradução desta obra foi de iniciativa de A.L.F, que atuou comigo como co-tradutora. Agradecimentos também a: Ricardo Pereira Ensho, pela ajudar na revisão, Sepi Tajima, pela direção gráfica, e, claro, à alma caridosa (que prefere manter-se anônima), que patrocionou a publicação. É o mesmo buscador que trouxe ao público brasileiro o Maha Yoga. Clique aqui para ler um trecho do livro. Descrição: Annamalai Swami viveu e trabalhou com Sri Ramana Maharshi até 1938, quando Sri Ramana pediu ao seu discípulo para se dedicar à meditação solitária. Na década de 1980 um pequeno número de buscadores espirituais começaram a visitar Annamalai Swami para interrogá-lo sobre os ensinamentos e as suas próprias práticas espirituais. Os ensinamentos apresentados neste livro foram dados nos últimos seis meses de vida de Annamalai Swami. Eles representam a essência de sua experiência e sua devoção ao longo da vida ao seu Guru. Título Original: “Annamalai Swami – Final Talks”   https://goo.gl/jJ6VN5 Autor: David Godman Tradução: Niraj 1ª Edição – 2014 Tamanho: 14 x 21 cm Idioma: Português Páginas: 189 ISBN: 858219156-1 Vendas pela nossa Loja Virtual. Também disponível no formato e-book AmazonKindle. Cadastre seu e-mail em nossos sites pra receber nossas newsletters www.satsangeditora.com.br e www.advaita.com.br Curta nossa página no Facebook, siga-nos no Instagram e confira nosso canal no YouTube. Namastê...

Satsang do Mooji ao vivo (20/07/2014)...

Gostaria de informá-los e convidá-los a participar do broadcast ao vivo do Sri Mooji, que acontece quase todos os domingos as 11:00 AM (horário do Brasil). Neste domingo, dia 20 de julho  (11:00 AM) o Satsang será transmitido no seguinte link: http://www.mooji.org/livesatsang/ E haverá tradução simultânea da Radha, por meio do link: http://www.livestream.com/moojibrasil O acesso ao broadcast do Mooji é ilimitado e qualquer um pode acessar. Contudo, o acesso a tradução estará disponível para somente 50 usuários, já que o serviço está ainda em fase de testes. Após clicar nos links, deve-se ajustar os volumes de cada uma das transmissões (original e tradução) para que consiga escutar um pouco do Mooji, mas fique clara a tradução. Segundo os testes realizados, o broadcast da tradução está chegando com aproximadamente 7 segundos de atraso. Portanto, a tradução não será sincronizada. A única forma de comunicação entre nos será via “chat” (conversa por mensagens), na página da tradução. Para isso você deverá se cadastrar no livestream.  Sugiro que façam isso antes de começar o Satsang. Caso tenha alguém que queira fazer tradução ou entenda de internet e broadcast e queira contribuir favor deixar um comentário nesta página. A tradução ficará disponível no canal moojibrasil e pode ser escutada após o Satsang ao vivo também....

Os Upanishads (Português)...

Os Upanishads   Um leitor do nosso blog nos indicou, por email, que o livro Os Upanishads encontra-se disponível gratuitamente, em formato PDF. Trata-se de uma antiga publicação da Editora Pensamento, já esgotada. Para quem não conhece, os Upanishads fazem parte dos Vedas, sendo a “parte final” de cada um dos quatro Vedas, e contém o seu ensinamento filosófico essencial. Segundo Adi Shankaracharya, os Upanishads (assim como o Bhagavad Gita) são um dos três pilares do Advaita...
A Ilusão da Experiência do Ego

A Ilusão da Experiência do Ego...

A Ilusão da Experiência do Ego (trechos do capítulo XI do livro “A Imortalidade Consciente”, de Paul Brunton)     Os trechos a seguir fazem parte do Capítulo XI – A Ilusão da Experiência do Ego, do livro A Imortalidade Consciente (edição em português publicada pela EDC Editora Didática e Científica, tradução de Zofia Gaffon).      ****************************************************************** O esquecimento da verdadeira natureza é a morte real; a recordação dela é verdadeiro nascimento. Ponha fim aos sucessivos nascimentos. Sua se torna então a Vida eterna. Por que lhe vem o desejo de Vida eterna? Porque o estado presente em que você se encontra é insuportável. Por quê? Porque essa não é a sua verdadeira natureza. Faça com que ele seja sua real natureza, então não mais haverá o desejo para deixá-lo agitado. O homem julga a si próprio limitado; isso o incomoda. A ideia está errada. No sono não existiam o mundo, nem o ego, e não havia confusão. Alguma coisa acorda esse feliz estado e fala “eu”. Para esse ego o mundo reaparece. O ressurgimento do ego é a causa da confusão. Basta observar o ego e segui-lo até a sua fonte para reaver esse imutavelmente e feliz estado de sono sem sonhos. O Ser está sempre aí; a sabedoria aparece somente em declive, embora isso seja natural. P.: Ego e Ser são a mesma coisa? R.: O Ser pode existir sem o ego, ao passo que o ego não pode existir sem o Ser. Egos são como borbulhas no oceano. As impurezas e os apegos mundanos afetam somente o ego. O Ser permanece sempre puro, nada pode afetá-lo. Todas essas coisas são apenas conceitos mentais. Você agora está se identificando com o falso “eu”, com o “pensamento-eu”. Esse pensamento-“eu”...
Retiro do Mooji em Portugal

Retiro do Mooji em Portugal...

Retiro do Mooji – encontro em BH Para aqueles, de Belo Horizonte ou arredores, interessados em participar do broadcast ao vivo do Retiro em Silêncio com o Mooji que acontecerá nos dias 28 maio a 4 de junho, favor entrar em contato com Radha pelo email radha@mooji.org. O local do retiro ainda não esta...

Retiro do Mooji em Portugal...

Satsang Online com Mooji e Retiro em Campinas-SP   Esta sendo organizado em Campinas, por Antar Vidroh um grupo para acompanhar On Line o retiro de Mooji em Portugal que será realizado de 28 de maio a 04 de junho. Quem quiser participar do retiro pode obter maiores informações e se inscrever aqui ou pelo e-mail sw.antar.vidroh@gmail.com....
Página 3 de 1612345...10...Última »
Comentários Recentes
  • Waldir Souza Guimarães: Gostaria de baixar a obra em PDF. Qual o caminho? Aguardo. ...
  • Mokas: Moro em Portugal, como posso adquirir? Obrigado e continuem...
  • eliane: ola gostaria de saber o preço desse livro me interessei muit...
Virtual Media Design