Permaneça com seu Ser – Parte II

Permaneça com seu Ser – Parte II...

Permaneça com seu Ser Parte II Este é o segundo post da série Permaneça com seu Ser. Veja o primeiro. ************************************************************************ Pergunta: Como se alcança isto? Nisargadatta: A ausência de desejo e de medo o levará lá. O Supremo é o mais fácil de se alcançar pois é o seu próprio ser. É suficiente não desejar nem pensar em nada que não o Supremo. É a falsidade que é difícil e que é fonte de problemas. Ela sempre quer, espera, exige. Sendo falsa, é vazia, sempre em busca de confirmação e reconfirmação. Tem medo da inquirição e a evita; identifica-se com qualquer apoio, por mais fraco e momentâneo que seja. O que quer que consiga, perde, e pede mais. Nisargadatta: Mesmo que eu lhe diga que você é a testemunha, o observador silencioso, isto não significará nada para você a menos que encontre o caminho para seu próprio ser. Pergunta: Minha pergunta é: Como encontrar o caminho para o próprio ser? Nisargadatta: Desista de todas as perguntas, exceto “Quem sou eu?” Pois, afinal, o único fato do qual você tem certeza é que você é. O “Eu sou” é certo. O “eu sou isto” não é. Esforce-se para encontrar o que você é na realidade. Lembrar-se de si mesmo é virtude, esquecer de si mesmo é pecado. O procedimento correto é aderir ao pensamento de que você é o campo de todo conhecimento, a Consciência imutável e perene de tudo o que acontece aos sentidos e à mente. A ideia “Eu sou apenas a testemunha” purificará o corpo e a mente e abrirá o olho da sabedoria. O homem vai além da ilusão e seu coração se liberta de todos os desejos. Por sua própria natureza, o prazer é limitado...
Virtual Media Design