Entradas Recentes
Vida e Ensinamentos de Ramana Maharshi

Vida e Ensinamentos de Ramana Maharshi...

Artigo que fala da vida de Sri Ramana Maharshi e a essência dos seus ensinamentos, contendo uma explicação detalhada sobre o método da autoinquirição ensinada por Bhagavan, e diversas citações. Publicado na revista Bodigaya nº 21, ano  2009. Parte deste artigo foi publicado na página “Quem sou eu?” deste site. Open publication – Free publishing – More yoga Para baixar este documento, clique...
Trecho do Livro “Nada é Tudo” – Sri Nisargadatta Maharaj

Trecho do Livro “Nada é Tudo” – Sri Nisargadatta Maharaj...

ENCONTRE A FONTE DO “EU SOU” – 7 de dezembro de 1979 (Trecho do livro “Nada é Tudo – A Quintessência dos Ensinamentos de Sri Nisargadatta Maharaj”, publicado pela Satsang Editora – 2016) Visitante: Qual é a causa da ignorância? Maharaj: O conhecimento “você é” é o único conhecimento confiável. Mas o homem tem o hábito de coletar conhecimento de cada fonte e carregar o fardo na cabeça. Ele é informado sobre o nascimento e o renascimento. Embora o nascimento não seja sua própria experiência, ele a assume como verdadeira. O conhecimento humano é cheio de conceitos e de imaginação. V: E a lei do karma? Isto é, temos que sofrer na vida seguinte os efeitos do que fazemos nesta vida. M: Já que você se considera seu corpo, a lei do karma o afeta. Você até tenta se beneficiar dela. Quando você conhece seu Eu Real como tal, a lei não o afeta. V: A lei do karma nos assusta. M: Nosso senso de ser é a qualidade da quinta essência da comida e a forma do material alimentar é assumida por nós como nossa forma. A natureza Eterna não tem senso de ser. Quando o alento vital sai do corpo, este se torna inerte. É como uma chama que se extingue. Será que a chama vai para algum lugar? Quando o corpo cai, não vai a lugar nenhum. No suposto nascimento não há vinda de lugar nenhum. O Eu Real está em todo lugar. Ele não deixa nenhum espaço para viajar até lá. Quando falo, não falo de nenhum indivíduo específico. Falo da natureza da consciência. O ciclo de criação, sustentação e dissolução continua imperturbado. Nenhum mahatma ou encarnação como Ram ou Krishna podem parar o ciclo. Falo de encarnação. O que havia antes de chamar alguém de encarnado? O que levou a uma pessoa comum mudar para encarnada? Você nunca pensa no que era antes do...
O CONHECIMENTO DE QUE “VOCÊ É” CRIA SEU MUNDO por Sri Nisargadatta Maharaj

O CONHECIMENTO DE QUE “VOCÊ É” CRIA SEU MUNDO por Sri Nisargadatta Maharaj...

O CONHECIMENTO DE QUE “VOCÊ É” CRIA SEU MUNDO (Trecho do livro “Além da Liberdade: Palestras com Sri Nisargadatta Maharaj, publicado pela Satsang Editora)   Maharaj: Você lembra do que falamos hoje de manhã? Visitante: Sim, você está me levando ao ponto de percepção. M: Nem esta ideia, nem este conceito estão certos. Assim como a doçura do açúcar está bem ali, em cada grão, o conhecimento do estado “Eu Sou” em você contém o universo inteiro. Não estou explanando este conhecimento em benefício de um ser humano envolvido com a mente-corpo, ele está sendo explanado para o estado de Divindade dentro de você. V: Há comunicação em dois níveis? M: Quando você veio aqui pela primeira vez, estava envolvido com a mente-corpo e a palestra foi então naquele nível. Agora estou explanando em relação a seu estado de Ser, o estado “Eu Sou” que, tendo criado o universo, habita em você como um resquício. O próprio cerne do conhecimento “Você é” contém o universo inteiro. Como exemplo, no mundo onírico o conhecimento “Você é” tem que estar lá, antes que o mundo onírico seja criado. Da mesma forma, o conhecimento “Você é” tem que estar lá para este mundo seu. O conhecimento de que “Você é” cria seu mundo. V: Não entendo a tradução. É como se houvesse música na sala e eu fosse surdo e não conseguisse ouvir a música. M: O surdo não deveria escutar música (risadas). Você é como uma pessoa que continua procurando a si mesma em cada canto e recanto da sala. Você procura uma coisa que já está dentro de você. Não conseguirá encontrar a Verdade Suprema procurando lá fora. V: É como se você estivesse batendo na minha cabeça para me ajudar a lembrar....
Lançamento – “Além da Liberdade – Palestras com Sri Nisargadatta Maharaj”

Lançamento – “Além da Liberdade – Palestras com Sri Nisargadatta Maharaj”...

Estamos felizes em anunciar a publicação em português de um magnífico livro em formato Satsang com Sri Nisargadatta Maharaj, “Além da Liberdade – Palestras com Sri Nisargadatta Maharaj”. A primeira edição deste livro intitulado “Beyond Freedom – Talks with Sri Nisargadatta Maharaj” foi publicada em 2007,  pela editora indiana Yogi Impressions e  agora chega ao público brasileiro. Que esta obra sirva como uma luz para orientar os buscadores da Verdade. DESCRIÇÃO Recentemente foram descobertas fitas com palestras de Sri Nisargadatta Maharaj, há muito esquecidas nos arquivos de S. K. Mullarpattan, o intérprete que por mais tempo traduziu Maharaj. As fitas contêm gravações de algumas palestras de Maharaj com buscadores, feitas em seus últimos dois anos de vida. Clique na imagem abaixo para ampliar   Título original em inglês: “Beyond Freedom – Talks with Sri Nisargadatta Maharaj” https://goo.gl/Rz9kcy Autora: Maria Jory 1ª Edição – 2016 Idioma: Português Páginas: 144 Tamanho: 14 x 21 cm ISBN: 978-85-92598-00-6 Vendas pela nossa Loja Virtual. Também disponível no formato e-book AmazonKindle. Cadastre seu e-mail em nossos sites pra receber nossas newsletters www.satsangeditora.com.br e www.advaita.com.br Curta nossa página no Facebook, siga-nos no Instagram e confira nosso canal no YouTube. Namastê _/\_...
A importância da prática constante

A importância da prática constante...

A importância da prática constante  (trecho do Capítulo X do livro “Os Ensinamentos Finais de Annamalai Swami”, de David Godman)     O livro “Os Ensinamentos Finais de Annamalai Swami”, de David Godman, reúne os ensinamentos desse que é considerando um dos principais discípulos do grande sábio indiano Sri Ramana Maharshi (1879-1950), tendo vivido com ele e aprendido dele por vários anos, finalmente alcançando a realização suprema. O livro já conta com edição em português e os detalhes da publicação podem ser encontrados neste post.  Para adquirir um exemplar acesse nossa loja virtual ou clique aqui para comprar o livro em formato e-book AmazonKindle.    Pergunta: Eu tenho tido pequenos vislumbres, especialmente durante o sono, de não ter pensamentos. Têm acontecido outros vislumbres nos lugares mais improváveis. Em Lucknow, que é uma cidade grande e agitada, com pessoas gritando e berrando por todo o lado, eu estava descendo de bicicleta uma rua movimentada quando repentinamente senti a paz do Ser, que era subjacente a tudo. Eu pude sentir o Ser, ou pelo menos foi uma experiência que eu pensei que deve ter sido do Ser. Havia uma imobilidade e um silêncio no meio dessas condições totalmente caóticas. Em outros momentos o pêndulo oscila para o outro lado e eu me sinto completamente perdido em meu mundo mental, e no mundo caótico exterior. Eu me sinto um pouco confuso sobre o processo e a técnica da autoinquirição, a tal ponto que eu preciso voltar e ler os ensinamentos de Ramana sobre o assunto repetidamente até que a confusão me deixe. Eu gostaria de ouvir os comentários do Swami sobre isso. Eu sei que não há nada novo que ele possa dizer sobre o assunto. Eu sei que tenho que continuar com...
A Irrealidade do Mundo

A Irrealidade do Mundo

A Irrealidade do Mundo (trechos do Capítulo III – The Jnani and The World, do livro Maharshi’s Gospel – The Teachings of Sri Ramana Maharshi )   Ao ver o mundo, o jnani (iluminado) vê o Ser que é o substrato de tudo que é visto; o ajani (não-iluminado) é ignorante de seu verdadeiro Ser. Tome como exemplo os filmes numa tela de cinema. O que está diante de você antes do filme começar? Simplesmente a tela. Sobre essa tela você vê o filme inteiro, e para todos os efeitos as imagens parecem bem reais. Mas tente pegá-las. O que você pega? Unicamente a tela sobre a qual as imagens apareciam como reais. Ao final do filme, quando as imagens desaparecem, o que permanece? A tela novamente! Assim acontece com o Ser. Somente Ele existe; as imagens vêm e vão. Se você agarrar-se ao Ser, não será enganado pelo aparecimento das imagens. E nem tem nenhuma importância se as imagens aparecem ou desaparecem. Ignorando o Ser, o ajnani pensa que o mundo é real, da mesma forma que ao ignorar a tela de cinema ele vê unicamente as imagens, como se elas existissem separadas dela. Se percebermos que sem aquele que vê não há nada a ser visto, assim como não há imagens sem a tela de cinema, não seremos iludidos. O jnani sabe que a tela, as imagens e a visão deles são apenas o Ser. Com as imagens, o Ser está em sua forma manifesta; sem as imagens Ele permanece na forma não manifesta. Para o jnani é totalmente irrelevante se o Ser está em uma forma ou outra. Ele é sempre o Ser. P.: A princípio é fácil aceitar que o mundo não é real, mas...
A CANÇÃO DO AVADHUTA

A CANÇÃO DO AVADHUTA

A CANÇÃO DO AVADHUTA (O Ensinamento Sobre a Sabedoria do Ser) Por Dattatreya  (com transliteração sânscrita)   O Avadhuta Gita é um texto clássico da espiritualidade não dual, o Advaita Vedanta. Nesses versos, Dattatreya expressa a verdade suprema a partir de sua própria realização. Não se trata de um manual, ou tratado filosófico, mas sim de um poema inspiracional altamente estimado por yogis e aspirantes ao longo dos séculos. As palavras do Avadhuta cortam fora todas as ilusões da mente e penetram diretamente o coração, dando-nos um sabor autêntico – embora transitório – da sua Consciência transcendental. Os trechos a seguir fazer parte do Capítulo I – Prathamodhyayah (O Ensinamento Sobre a Sabedoria do Ser) desse clássico, considerado como um dos mais eloquentes e envolventes tratados da literatura indiana antiga, e cuja tradução em português foi publicada recentemente pela Satsang Editora  e está à venda na nossa Loja Virtual e na Amazon.   1. ishvaranugrahad-eva pumsam advaita vasana mahadbhaya paritranat vipranam upajayate   Verdadeiramente, é pela graça de Deus Que o conhecimento de Unidade surge dentro. Então o homem é por fim libertado Do medo profundo da vida e da morte.   2. yenedam puritam sarvam atmanaivatman atmani nirakaram katham vande hyabhinnam shivam avyayam   Tudo o que existe neste mundo das formas Não é mais do que o Ser, e apenas o Ser. Como, pois, deve o Infinito venerar Si mesmo? Shiva é o Todo indiviso.   3. panchabhutatmakam vishvam marichi-jala sannibham kasyapyaho namas-kuryam aham eko niranjanah   Os cinco elementos sutis que se combinam para formar este mundo São tão ilusórios como a água em uma miragem do deserto; A quem, pois, devo curvar minha cabeça? Eu mesmo sou o Imaculado!   4. atmaiva kevalam sarvam bhedabhedo na vidyate...
Lançamento do DVD “O Satsang Perdido – Sri Nisargadatta Maharaj” em Português

Lançamento do DVD “O Satsang Perdido – Sri Nisargadatta Maharaj” em Português...

  CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO PARA AMPLIAR   Alguns trechos extraídos do DVD: Toda a manifestação deste mundo é uma expressão da mesma Consciência que você é. *** Você não devia amar nada mais do que a sua verdadeira natureza, a Consciência. *** Sua identificação com o corpo é atraída para os objetos. Isso cria desejos, e você os trata como prioridade máxima. *** Seus desejos físicos não o levam a lugar nenhum. *** Se você não compreende o “eu sou” como é que pode compreender o resto? *** Residir na Consciência é a verdadeira religião. As religiões são criações dos intelectos humanos. *** A Consciência tem que aparecer nesta forma, para que esta forma possa reconhecer a Consciência. *** Como podem as palavras explicar aquilo do qual elas se originam? *** Tudo depende da sua forma, mas você  é sem forma. *** Não me faça perguntas práticas. Não tenho nada a ver com elas. *** Sem comida existe a morte e a ideia do “eu sou” desaparece. A Consciência está além de qualquer ideia. *** Você só pode observar os eventos acontecerem. Você não pode usar a Consciência para fazer ou desfazer nada. *** A sua identificação com o corpo é como um parafuso muito apertado. A sua ideia de ser um individuo, é um parafuso. Você tem que soltá-lo. *** Você está cheio de conceitos. A sua chegada a este mundo também é um conceito. *** Se você deseja usar o seu intelecto, resida nos seus nove meses no útero. O que aconteceu no útero não é diferente do que acontece agora. *** Você deve desejar aquele você que não deseja desejos *** Qualquer coisa que possa lhe mostrar aquilo que você é, está na realidade apontando para...

O Livro “A Canção do Avadhuta” está agora disponível!...

É com prazer que anunciamos que o livro A Canção do Avadhuta está agora disponível em português. É uma obra clássica que transmite a Realização não dual. A tradução desta obra foi de iniciativa de Margarida Maria Antunes, que atuou comigo como co-tradutora. Agradecimentos também a: Ricardo Pereira Ensho, pela  revisão do texto e  sugestões gráficas; e, claro, à alma caridosa (que prefere manter-se anônima), que patrocionou a publicação. É o mesmo buscador que trouxe ao público brasileiro o Maha Yoga e Ensinamentos Finais de Annamalai Swami. Clique no cartaz para ampliar   Descrição:  O Avadhuta Gita é um texto clássico da espiritualidade não dual, Advaita Vedanta. Nesses versos, Dattatreya expressa a verdade suprema a partir de sua própria realização. Não se trata de um manual, ou tratado filosófico, mas sim de um poema inspiracional altamente estimado por yogis e aspirantes ao longo dos séculos. As palavras do Avadhuta cortam fora todas as ilusões da mente e penetram diretamente o coração, dando-nos um sabor autêntico da sua Consciência transcendental.” Clique aqui e leia sobre a Linhagem Navnath Sampradaya, iniciada por Sri Dattatreya e da qual faziam parte Sri Siddharameshwar Maharaj, Sri Nisargadatta Maharaj, Sri Ranjit Maharaj entre outros grandes Mestres da não dualidade. Clique aqui para ler um trecho do livro. Valor: R$ 35,00 Autor do original em inglês: Swami Abhayananda Tradução: Niraj & Margarida Maria Antunes 1º Edição -2015 ISBN 978-85-8219-277-1 Tamanho: 14 x 21 cm Idioma: Português Páginas: 154 Vendas pela nossa Loja Virtual. Também disponível no formato e-book AmazonKindle. Cadastre seu e-mail em nossos sites pra receber nossas newsletters www.satsangeditora.com.br e www.advaita.com.br Curta nossa página no Facebook, siga-nos no Instagram e confira nosso canal no YouTube. Namastê _/\_ Este é um vídeo do Mooji lendo trechos deste livro, com legendas em português:   Outros vídeos aqui...
A Consciência e o Absoluto

A Consciência e o Absoluto...

A Consciência e o Absoluto   (diálogos extraídos do livro “Consciousness and The Absolute – The Final Talks of Sri Nisargadatta Maharaj”, edited by Jean Dunn)     Visitante: Por que pensamos em nós mesmos como indivíduos separados? Maharaj: Seus pensamentos sobre individualidade não são, na realidade, seus próprios pensamentos; eles são todos pensamentos coletivos. Você acha que é você quem tem os pensamentos; na verdade os pensamentos surgem na consciência. À medida que cresce nosso conhecimento espiritual, nossa identificação com um corpo-mente diminui e nossa consciência se expande para a consciência universal. A força da vida continua a atuar, mas seus pensamentos e ações não ficam mais limitados a um indivíduo. Eles se tornam a manifestação total. É como a ação do vento – o vento não sopra para qualquer indivíduo em particular, mas para a manifestação como um todo. V.: Como um indivíduo, podemos retornar para a fonte? M.: Como um indivíduo não; o conhecimento “eu sou” deve voltar para sua própria fonte. Agora, a consciência está identificada com uma forma. Mais tarde ela compreende que não é essa forma e segue adiante. Em uns poucos casos ela pode alcançar o espaço e, com frequência, para por aí. Em muitos poucos casos, ela alcança sua fonte verdadeira, além de todo o condicionamento. É difícil abandonar essa tendência de identificar o corpo como o eu. Eu não estou falando para um indivíduo, estou falando para a consciência. É a consciência que deve buscar sua fonte. Do estado de não-ser surge o sentimento de existência. Ele surge tão silenciosamente quanto o crepúsculo, com apenas uma sensação de “eu sou” e, de repente, o espaço está lá. No espaço, o movimento começa com o ar, o fogo, a água e...
Página 1 de 1512345...10...Última »
Comentários Recentes
Virtual Media Design